Taaqui

O que é Phantom Power? E quando é preciso usar um?

A qualidade de um equipamento de áudio é uma das características mais prezadas por quem deseja investir ainda mais em seus projetos de som. Hoje em dia existem diversas possibilidades para melhorar a qualidade sonora e garantir o melhor resultado para os seus ouvintes, seja profissionalmente ou apenas por hobby. 

No entanto, você caiu de paraquedas no termo Phantom Power mas não sabe o real significado desse termo e de repente se vê curioso para entender o funcionamento desse dispositivo tão querido por muitos profissionais de rádio? 

Não se preocupe, pois trouxemos um artigo explicando os pontos essenciais sobre a utilidade do Phantom Power e como esse item funciona. 

Quando usar o Phantom Power?

O Phantom Power é bastante necessário em casos de microfones condensadores que precisam de alimentação alternativa para ter um bom funcionamento. Portanto, para que os microfones funcionem são utilizados cabos XLR com 3 pinos.

Já em casos de microfones dinâmicos, o uso de Phantom Power não se faz necessário pois esse tipo de aparelho possui uma resposta de sinal imediata com ajuda de interface ou mesa de som.

Os microfones condensadores não possuem uma conexão forte o suficiente para que se mantenha sozinha. Portanto, a utilização do Phantom Power se torna eficiente e necessária para dar continuidade e estabilidade a sua utilização.

O que é o Phantom Power?

O Phantom Power fornece alimentação contínua necessária para equipamentos de áudio como microfones condensadores. Além disso, o nome desse dispositivo não é por acaso e faz referência a funcionalidade do produto que consiste em uma fonte de alimentação fantasma por não contar com ligação visível. 

A ferramenta é bastante utilizada como alimentação alternativa para dispositivos de áudio diversos, garantindo que a energia chegue adequadamente ao aparelho utilizado. Algumas mesas de som já contam com a ferramenta integrada, mas é possível encontrar o Phantom Power em versão externa.

Como usar o Phantom Power no PC?

É importante ressaltar que o Phantom Power só pode ser utilizado com cabos balanceados, já que possui 3 tipos de circuitos. Por isso, para utilizar a ferramenta no computador é preciso ter um dispositivo que possibilite a conexão XLR no computador geralmente encontrado em placas de som, interface de áudio e mesas de som. Além disso, vale ressaltar que a forma de utilização pode variar dependendo do método utilizado para realizar a conexão no computador. 

Confira um tutorial simples para conectar o seu microfone: 

  1. Primeiro conecte o cabo de alimentação do pré-amplificador.
  2. Em seguida ligue-o.
  3. Agora conecte o cabo USB ou FireWire.
  4. Em caso de existir apenas saídas de áudio, use o RCA ou 1 das extremidades do cabo para ligar o pré-amplificador. 
  5. Logo, ligue o cabo de 1/8 em Line In.

Por fim, abra o programa de gravação da sua preferência e busque por uma das seguintes opções: “USB Audio Device “, “FireWire Audio Device” ou “Line In “. Assim que localizar e selecionar uma das opções mencionadas acima, a ferramenta já estará habilitada e disponível para ser utilizada.

Como saber se o microfone precisa de Phantom Power?

 

De modo geral, todos os microfones condensadores precisam de Phantom Power para funcionar. A quantidade de phantom power necessária para fornecer energia o suficiente pode variar entre 9 a 48 volts. 

No entanto, você comprou um microfone mas está em dúvida se ele aceita Phantom Power? 

Existem algumas formas simples de descobrir se o dispositivo possui o suporte para essa função. A primeira delas é conferir o manual do aparelho, pois na maioria dos casos o próprio fabricante deixa destacada a necessidade de utilização de Phantom Power.

Em outros casos, caso você já tenha uma mesa de som com Phantom Power integrado, basta ligar o microfone na mesa e em seguida ativar a chave Phantom. Caso o microfone aceite a função, ele ligará facilmente.

Como saber se o cabo é balanceado?

Um cabo balanceado possui três fios que se ligam aos condutores, permitindo que o sinal seja conduzido da forma correta. No entanto, apenas dois desses fios são essenciais para fornecer o sinal, enquanto o fio restante é o terra, que possui a função de proteger a ligação.

Além disso, os cabos são muito importantes para o bom funcionamento do Phantom Power e precisam estar adequados para que não ocorra nenhum problema na conexão.

Qual é a função do direct box?

O DI é essencial em todo estúdio de gravação e tem como principal função alterar o sinal de saída e mudar o nível de impedância sonora de um dispositivo. Além disso, se torna um grande aliado para converter o sinal não balanceado de forma que ele apresente um resultado limpo, livre de ruídos e interferência causados pela corrente elétrica. 

direct box passivo

O Direct Box passivo se caracteriza por não precisar de eletricidade para funcionar. Sendo assim, o sinal é conduzido por um campo magnético e logo depois isolado. O resultado é um som livre de ruídos e mais adequado para utilizar instrumentos com potência sonora mais elevada. 

direct box ativo

Diferente do Direct Passivo, nos casos do Direct Ativo a  maioria dos dispositivos necessita de alimentação por meio de bateria, fonte ou utilizando o Phantom Power como fonte de energia. Além disso, esses modelos são adequados para fornecer uma maior alimentação e qualidade para determinados instrumentos.

Como ligar o Phantom Power?

Agora que você já sabe o que é Phantom Power, é hora de aprender como utilizar essa ferramenta corretamente. Logo, se você vai utilizar o Phantom em uma mesa de som, antes de ligar o dispositivo é necessário tomar cuidado para deixar o volume baixo. 

Já nos casos de interfaces que possuem chave Phantom integrada, a primeira etapa deve ser conectar os microfones antes de utilizar a função. Essa etapa é de extrema importância, pois contribui para evitar que o dispositivo apresente qualquer problema. 

Além disso, também é importante verificar os volumes  – que devem ser mantidos em zero.

Outros equipamentos para rádio

Ter uma rádio online, é simples, barato se comparado a uma rádio profissional e pode ser muito rentável, caso se dedique a isso. O Phantom Power é opcional, mas existem equipamentos que você não pode iniciar a rádio sem.

Porque vai comprometer a qualidade da sua transmissão e limitar as atividades da sua rádio. Se quer uma rádio completa e com qualidade na entrega do som, sem gastar muito, confira Equipamentos para rádio online: quais são os melhores?

Esse artigo te ajudou? Deixe nos comentários assim podemos saber como melhorar para produzir mais conteúdos que ajudem a sua rádio a ser um sucesso.

 

Tags
Compartilhe esse Post
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *